Perseverar a vida

Incrível como Deus age de forma misteriosas (Sem nem mesmo parecer que Ele colocou seu dedo no acaso dos acontecimentos). Estava eu a jogar meu game de celular favorito, o Club Pinball, que acompanha o Nokia 6235, e fazendo sempre os meus oitenta ~ cem mil pontos. Fiquei pensando: “O que será o fim do game de Pinball? Teria ele um limite, um máximo de ganhos?”, e essa reflexão me trouxe uma realidade à tona: Eu nunca conseguia aumentar consideravelmente meu recorde. Fiquei pensando um tempo sobre isso.

Foi aí que percebi o porque de meu baixo desempenho: Jogava como um desesperado. Sem direção, sem meta. Sem objetivo. Sem uma necessidade de se alcançar algo, para somente quando lá chegar, relaxar e curtir a paisagem como ela realmente deve ser contemplada.

A partir desse momento epifânico, resolvi estabelecer uma meta: Sempre que jogasse, dobraria meu último recorde. Só faltava agora traçar um plano para se obter tal resultado. Decidi estudar as ferramentas (na mesa do jogo) disponíveis. Após um tempo, percebi o funcionamento de cada uma, e também o funcionamento de todas (ou boa parte delas) em conjunto. Com esse conhecimento, eu pude traçar uma estratégia, que seria o começo de meu plano de jogo.

Depois de analisar mentalmente várias estratégias, decidi começar a por os planos em prática. Mas não foi fácil. No começo, era difícil controlar 100% as ferramentas a ponto de obter os resultados desejados, e por muitas vezes eu nem consegui o pouco que conseguia antes. Mas a cada perda, aprendia mais, conhecendo as brechas do sistema. Assim, sabia onde apostar, e onde não. Onde era perigoso, e onde ganhava mais. Com meus erros, ia aprendendo a me dar bem no game, ia me tornando experiente, e meu desempenho ficava cada vez melhor. Não desisti quando cai algumas vezes, e a cada tombo eu descobri uma nova forma de ascender novamente.

Perseverando em meus objetivos, e com as metas bem traçadas, consegui superar meu primeiro recorde. Logo após, na próxima jogada, bati meu recorde novamente. Em seguida, não consegui nem 10% do meu recorde. Tudo bem, uma queda tomada, mas uma nova forma aprendida para lidar com os problemas imprevistos.

E assim, agora estou eu com um recorde dez vezes maior do que aqueles que eu ostentava antes de planejar minhas decisões. E olha que o maior recorde foi numa partida onde comecei mal, e já não botava mais fé nela, mas mesmo assim, não desisti e fui até o fim. E dessa forma, um simples jogo de Pinball me mostrou que na vida devemos ter momentos de reflexão antes da ação, de planejamento, de definição das metas, pois sem elas, nunca haverá uma linha de chegada. Sempre tenha um sonho, mesmo que às vezes ele pareça bobo ou sem sentido. Os sonhos sempre chegam numa linda manhã de Sol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>