Meta para 2014: atingir o crescimento sustentável

Quanto você quer crescer em 2014?

Graças à duradoura alta do dolar e ao aumento da inflação, nós teremos que aumentar os preços de nossos produtos e serviços. Não dá mais pra segurar, como já vinhamos fazendo há vários anos. Nós tentamos, cortamos isso ou aquilo… mas não dá pra cortar a qualidade nem prejudicar o serviço em si, que é de alto valor agregado. Portanto, os preços sofrerão um pequeno reajuste, proporcional ao tempo que ficou defasado sem sofrer uma correção. Esse reajuste será de até 50% sobre os valores atuais em alguns casos. Depois, os preços serão sempre reajustados de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA, para assim acompanhar a inflação e não precisar sofrer reajustes bruscos no futuro novamente. Buscamos sempre o crescimento, tanto para nossos clientes quanto para nós mesmos, para assim poder manter o nível de satisfação esperado, e essa ação faz parte de uma série de movimentos visando atingir esse objetivo.

Mas não se preocupe: se você fechar o plano anual agora mesmo, ainda o fará no preço antigo, e ainda por cima, com desconto pelo pagamento anual (12 pelo preço de 11). Comparado aos novos preços, é imperdível! Para aproveitar essa oferta, basta que você envie uma resposta para comercial@thlopes.com manifestando sua vontade de aderir ao plano anual (Se você já tiver um plano em andamento, serão adicionados mais 12 meses aos atuais) o quanto antes. Caso não queira mesmo aproveitar essa oportunidade, os novos preços se aplicarão a partir dos vencimentos em ABR/2014.

Dedicação e trabalho para entregar mais um projeto

“É com grande Satisfação e Alegria que compartilho isso com vocês” – Parafraseando nosso cliente Jesuino, que acabou de receber a notícia de que seu projeto estava no ar, que iniciamos esse post para anunciar, também com grande alegria e orgulho de nosso trabalho, que acabamos de entregar mais um projeto, e peculiarmente este, cujo foco é divulgar a campanha de um candidato a vereador que a THLopes apoia nessas eleições: Jesuino Pereira Lopes, também conhecido como Jesuino Uniformes.

Banner do site de Jesuino 27678

Em breve vamos dedicar uma página para descrever o projeto e falar mais “tecnicamente” sobre ele para todos os curiosos e ávidos por conhecimento da área.

Nós da THLopes nos dedicamos especialmente a esse trabalho, porque temos esperança de que Jesuino poderá fazer mais e melhor por nossa cidade. Por isso recomendamos: Acessem agora mesmo e confiram o trabalho e também as propostas do candidato!

Curso Engenharia Web propõe desenvolvimento sistemático de aplicações para internet

Citação

Nova pós-graduação é voltada a profissionais de tecnologia da informação e interessados em ter uma compreensão mais abrangente da área

O mercado de tecnologia da informação tem buscado profissionais capazes de analisar criticamente o ambiente de desenvolvimento web, com visão orientada para qualidade e melhoria de processos. Atento a esse cenário, o Centro Universitário Senac lança a pós-graduação Engenharia Web, a primeira dessa categoria no Estado de São Paulo. Duas unidades, Senac Lapa Tito e Senac Santo André, vão oferecer o curso no próximo ano, capacitando em 366 horas interessados em planejar e coordenar projetos nesse segmento.

“Definida como o uso sistemático da engenharia no desenvolvimento, na implantação e manutenção de aplicações web de alta complexidade, trata-se de uma nova área do conhecimento, ainda pouco explorada. No Brasil, percebe-se que esse trabalho representa uma parte significativa da produção de empresas de softwares”, comenta Richard Martelli, técnico da área de tecnologia da informação do Senac São Paulo. Além dessas organizações, o engenheiro web pode atuar em instituições de comércio eletrônico, de design, de publicidade, portais de conteúdo, comunidades virtuais, bem como órgãos governamentais e ONGs.

Apesar de fortemente baseado na engenharia de software, o curso apresenta como diferencial ao aluno o tratamento multidisciplinar, tendo como público-alvo é formado por profissionais de análise de sistemas, ciências da computação, sistemas de informação, engenharia de software, web design e mídias interativas, além de pessoas que já atuam na área e desejam uma compreensão mais abrangente.

Mais informações podem ser obtidas em www.sp.senac.br ou diretamente no Senac Lapa Tito e Senac Santo André.

IBM adota Firefox como browser padrão

Algumas coisas as vezes demoram pra acontecer. Mas quando falamos de grandes companhias, é comum uma mudança demorar pra propagar. É o que aconteceu somente agora: IBM adota Firefox como seu browser padrão. Desde antes da época que trabalhei no departamento web aqui no Brasil, os profissionais do departamento já brigavam para emplacar o Firefox dentro da companhia, mas devido à cultura corporativa adotada, o IE ainda reinava.

Lembro até de campanhas internas para lembrar alguns desenvolvedores que o IE deveria estar instalado em suas máquinas para entrar no esquema de testes. Espero que o IE6 não esteja mais na maioria das máquinas, como acontecia também (afinal, ter um IE6 em sua máquina é um risco considerável…).

Como disse a editoria de Tecnologia do IG, a IBM adotou o browser por sua veia OpenSource (uma quebra de rotina dessas só poderia partir mesmo do braço livre da empresa), por ter melhor suporte para extensões (aqui com certeza os desenvolvedores quem bateram o pé) e a meu ver, principalmente por ser mais customizável (e assim, a gigante poder ter um melhor controle das ferramentas utilizadas por seus colaboradores, como recursos). Claro, podemos esperar outros motivos ainda, afinal, empresas desse porte nunca fazem mudanças globais sem antes calcular minuciosamente o quanto poderão economizar/ganhar com uma ação dessas. Talvez vejamos em alguns meses alguma nova ferramenta interna sendo vendida globalmente, baseada na tecnologia do browser.

Mas claro, quem conhece, sabe que os benefícios de adotar um browser mais robusto são muito bem vindos, seja sua empresa pequena ou gigante.

Confira mais no iG – Tecnologia

Minerando Eleições: opSys, versão 2.0

opsys-logo
Algumas semanas atrás, liberei a segunda versão do opSys, ferramenta para mineração de opiniões em conteúdo Web. Agora, com recursos que permitem que qualquer pessoa monte um conjunto (SET) de variáveis e extrair opiniões de acordo com sua necessidade. Assim, você pode configurá-lo para medir a opinião de algum assunto que você gosta, marca, gadget, etc. As aplicações são inúmeras, podendo ser usado em pesquisas para medir uma marca, inclusive. Logo que o usuário acessa, ele tem agora duas opções para visualizar o opSys funcionando: A Análise de Investimentos[bb], que explora notícias e comentários sobre o mundo dos investimentos na bolsa, e também o mais novo Set padrão no sistema: Eleições 2010.

Minerando opiniões sobre as Eleições

A maior novidade é que já criei também um conjunto para analisar as Eleições 2010, ou melhor, analisar as opiniões sobre os presidenciáveis num conjunto de blogs, portais e no Twitter. Serra e Dilma já estão sendo minerados pelo sistema, que vai medir o feeling das postagens relacionadas em diversos sites nacionais, blogs diversos e também citações no Twitter. Claro, essa nova investida vai demandar uma série de atualizações no sistema, muitas delas já planejadas desde o ano passado, mas também algumas que vão surgir nesse novo período. Certamente, mudanças esperadas no ciclo de evolução de um sistema dinâmico na Webesfera.

E nesse ponto, as críticas e dicas dos usuários serão muito importantes! Como nunca, aguardo comentários, críticas e sugestões de todos que utilizarem e avaliarem o opSys, para deixá-lo sempre melhor. Confira agora mesmo: http://www.opsys.com.br

Novidades chegando

Nesse momento, já temos algumas pessoas com habilidades distintas colocando seus skills para funcionar, arquitetando mudanças para o opSys, que o tornaram mais fácil de navegar e “consumir”. Designers[bb], Arquitetos da informação[bb], marketeiros… Logo logo, poderão conferir mais novidades! Aguardem!

Dez coisas que mais irritam os desenvolvedores

Voce-e-Analista-de-Sistemas-Desenvolvedor-Programador

Meu amigo Marcelo Honório traduziu um artigo muito interessnte, que expressa bem o que nós, profissionais do código, sentimos muitas vezes ao longo de nossas carreiras: Dez coisas que mais irritam os desenvolvedores (Claro, muitos podem listar ainda mais… mas essas 10 já resumem bem boa parte delas).

Confira o artigo e comente qual você acha o pior, e caso discorde, por favor, explique porque uma coisa dessas pode não te irritar…

Nerdcast sobre programadores

Nerdcast #211 Profissão: programador

Quem acompanha o blog sabe que esporadicamente posto links para podcasts de assuntos relacionados a THLopes. E aqui está mais: o Nerdcast de hoje, cujo tema é Profissão: Programador. Como este que vos escreve atua nessa profissão, recomendo ouvir esse excelente podcast para fechar sua sexta-feira. Boas risadas e descobertas!