pyLottery: Como Presente de Páscoa, Lotomania agora também pode ser conferida

Se você tem um monte de bilhetes de apostas para a Lotomania de Páscoa e quer conferí-los, temos uma boa notícia para você: agora através da pyLottery você pode conferir também seus bilhetes de apostas para mais essa modalidade de apostas das Loterias nacionais.

Funciona basicamente igual as demais, muito simples e fácil de conferir e também de extender em seus projetos e experiências. Aproveitem!

Meta para 2014: atingir o crescimento sustentável

Quanto você quer crescer em 2014?

Graças à duradoura alta do dolar e ao aumento da inflação, nós teremos que aumentar os preços de nossos produtos e serviços. Não dá mais pra segurar, como já vinhamos fazendo há vários anos. Nós tentamos, cortamos isso ou aquilo… mas não dá pra cortar a qualidade nem prejudicar o serviço em si, que é de alto valor agregado. Portanto, os preços sofrerão um pequeno reajuste, proporcional ao tempo que ficou defasado sem sofrer uma correção. Esse reajuste será de até 50% sobre os valores atuais em alguns casos. Depois, os preços serão sempre reajustados de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA, para assim acompanhar a inflação e não precisar sofrer reajustes bruscos no futuro novamente. Buscamos sempre o crescimento, tanto para nossos clientes quanto para nós mesmos, para assim poder manter o nível de satisfação esperado, e essa ação faz parte de uma série de movimentos visando atingir esse objetivo.

Mas não se preocupe: se você fechar o plano anual agora mesmo, ainda o fará no preço antigo, e ainda por cima, com desconto pelo pagamento anual (12 pelo preço de 11). Comparado aos novos preços, é imperdível! Para aproveitar essa oferta, basta que você envie uma resposta para comercial@thlopes.com manifestando sua vontade de aderir ao plano anual (Se você já tiver um plano em andamento, serão adicionados mais 12 meses aos atuais) o quanto antes. Caso não queira mesmo aproveitar essa oportunidade, os novos preços se aplicarão a partir dos vencimentos em ABR/2014.

Confere.Me: mais um projeto, facilitando ainda mais os bolões

Confere.Me em vários dispostivos

A Mega da Virada 2013 está chegando aí para fazer mais alguns milionários em nosso país, e a THLopes.com resolveu liberar seu mais recente projeto voltado para loterias: o Confere.Me. Depois de várias semanas de trabalho duro, trazemos ao público o mais novo aplicativo online feito sob medida. Através do Confere.Me os apostadores terão uma ferramenta para gerenciar e conferir apostas, além de uma série de outras ferramentas que estão em nosso roadmap.

Nossa proposta é uma interface muito simples e prática, e uma dinâmica de trabalho que permita ao usuário sempre ter acesso ao serviço básico (conferir suas apostas), mesmo sem pagar nada. Nossa missão é que  você não perca nenhum prêmio de suas loterias e apostas por falta de conferência. Nossa missão também é ajudar você com suas apostas ao máximo!

Cadastre-se agora mesmo, experimente, mande suas sugestões, dúvidas, críticas, reclamações, pois nós estamos em constante desenvolvimento para entregar o melhor para os apostadores do Brasil, e contamos com você para isso!

pyLottery: um nova roupagem, estilo, mecânica e muito mais

Recentemente houve uma grande tarefa de reescrita do código do projeto pyLottery, que agora está modular (com uma classe base e as demais loterias a herdando), com sistema de cache local (utilizando o shelve, nativo do Python) e funcionando como uma API mesmo, para ser integrada a outros sistemas e seus próprios scripts, por exemplo. Também a lógica de funcionamento foi melhorada, agora utilizando a data e intervalos dos concursos para evitar chamadas desnecessárias ao site da CAIXA. Confira mais detalhes do projeto desde seu lançamento.

Todo mundo quer jogar

Quando era pequeno, eu costumava sonhar que um dia viveria de games: sentado e jogando o dia inteiro seria a forma como ganharia a vida, detonando games e escrevendo para as revistas que comprava tão logo chegavam nas bancas. Um sonho um tanto utópico, eu reconheço, mas que demonstrava a paixão pelos jogos eletrônicos (e o nobre desejo de trabalhar naquilo que se gosta). Muito tempo se passou, e estou realmente ganhando a vida sentado e escrevendo… mas não sobre os games que imaginava, mas de certa forma, ainda tenho jogos envolvidos no meu trabalho.

Já é do conhecimento de quem já esteve aqui antes que tenho um certo apreço pelas loterias, e até já criei alguns scripts para ajudar na conferência e montagem de jogos para as Loterias Mega Sena e Lotofácil (PyLottery). Mas poucos sabem que já desenvolvi um jogo para Desktop em Java (Quem diria, mas foi durante a faculdade) e por muito pouco não acabei fazendo parte, indireta e diretamente, de um dos mais recentes ramos da TI: os jogos online.

Os jogos online abriram um grande leque para os jogadores do mundo real também. Antes, para jogar poker com alguém que não a máquina, você tinha que ir até a casa de um vizinho ou amigo. Com o advento da Internet e dos jogos em rede, você pode jogar exatamente agora com uma pessoa em qualquer lugar do globo através de sites como o partypoker, só pra citar um exemplo dos jogos de cartas, fora uma infinidade de outros gêneros como tabuleiro, estratégia, RPG, Simuladores, e uma aí vai uma lista quase-sem fim… Tem para todos os gostos!

Muitas empresas de marketing digital perceberam que o ser humano, sempre competitivo, não resiste a um bom jogo, pronto a desafiar seus colegas, ávido para ver seu nome entre os TOP 10 do ranking. E com a explosão das redes sociais, esse comportamento se tornou ainda mais latente. Especialistas também perceberam que alguns desses elementos da mecânica dos jogos (Competição, Ranking, Emblemas, Pontuação/Dinheiro, etc)  poderiam ser explorados em outros tipos de aplicativos dentro das redes sociais, e aí começam a surgir aplicativos e campanhas digitais com cara de jogos, incentivando os usuários a interagir em troca de recompensas e badges, inflando o ego dos jogadores, e consequentemente alavancando as marcas envolvidas. Algumas vezes, a mecânica do jogo está tão bem inserida em nichos diversos que os usuários mal percebem que estão competindo por status entre a comunidade.

Esse fenômeno, chamado nos portais e na mídia social de gamificação (alguns clamam ter surgido dentro das corporações para incentivar a adoção de metodologias e processos, outros nas redes sociais), chegou num nível que já existem empresas que oferecem serviços especializados de desenvolvimento e manutenção de estratégia de jogos online para marcas, como a Social Mediation, além de outras que se especializaram em jogos sociais como a Zynga que tentam emplacar  até uma moeda virtual em larga escala. Chegou num nível que as próprias produtoras de games querem aproveitar esse movimento e tornam suas grandes produções em pequenas peças dentro de um game maior, de escopo global, onde cada conquista dentro do jogo individual incrementa o ranking dentro das redes (PSN, XBoxLive, Steam, Origin, Newgrounds entre outras) dando visibilidade para o jogador, fazendo com que ele jogue cada vez mais, o que por sua vez, vai gerar mais lucro para os donos da rede, os produtores dos jogos e as marcas anunciantes. Todo mundo quer jogar, independente do lado do tabuleiro em que se encontra, e no final, todos acabam ganhando.

E você? Ficou ansioso para ver sua marca e seus produtos caírem no gosto das redes sociais? A THLopes em breve apresentará alguns cases de aplicação dessas estratégias. Ou quem sabe ficou apenas com vontade de encarar uma partida online? Também estamos aí!

Independência ou Morte – O que você faz por isso?

“Remember, remember, the Seventh of September”…

Nem todos vão entender a referência, mas o intuito é lembrar a todos o que vamos comemorar: a Independêndia do Brasil, quando Dom Pedro declarou que o país não estava mais sob o poder da “Matriz”, Portugal, gritando independencia ou morte, nas margens do Rio Ipiranga.

Quero aqui fazer uma ligação entre dois fatos muito distantes na escala temporal, mas muito próximos em seus intuitos. Quero relacionar o dia de nossa Independência como nação com o dia que exercemos nosso “direito” de escolher nossos futuros representantes. É um momento propício para exercer um ato que clama por independência. Está certo, não temos muitas escolhas, mas certamente temos a chance de “escolher o menos pior”, de renovar um pouco o comando da cidade, de dar chance a quem quer realmente lutar pelo povo como um todo, e não por minorias. Porém, alguns ainda estão dependentes (e assim o preferem) de ajuda momentânea e assistencialismo, e vendem seu voto por coisas tão passageiras e banais quanto possa imaginar. Lembram-se desse oportunismo e esquecem que muitos estão no poder há muito tempo, mas em suas campanhas “se vendem” como se fossem novidade para a cidade. Cada um pode fazer um pouco por todos, porque nada foi feito até agora? E você, vai fazer algo por sua cidade por 4 anos ou vai fazer algo por você que não vai durar um final de semana?

Você, cidadão, tem o poder para retirar do poder aqueles que só se aproveitam dele traindo o povo. Não é necessário uma conspiração ou um atentado, mas seu voto pode ser tão forte quanto um barril de pólvora contra os aproveitadores que mamam nas tetas do governo, sustentados pelo suor e a vitalidade do povo. Mesmo que não tenhamos opções para renovar tudos de uma única vez, precisamos fazer o nosso melhor.

Que daqui um mês, todos possam dar um grito por Independência, exercendo bem seu direito e votando em pessoas sérias e que trabalham pela cidade, que não a vejam apenas como uma fonte de recursos para bens pessoais. Que possamos dar um passo rumo à um futuro melhor, melhor administrado e mais justo para todos.